sexta-feira, 6 de abril de 2012

por que  repleta de falta
 salivo flor
lapido grão de areia
nas retinas

2 comentários:

  1. Ai, sua poesia tem uma corrosão suave que me arrasta.
    Amo!

    Beijo.

    ResponderExcluir

amig@s

aquilo que queria dizer.

Tecnologia do Blogger.