quarta-feira, 17 de agosto de 2011

numa linha só
escuto o choro daqui
não precisa ser ontem
(...) - numa linha só
você sabe: vou embora

não preciso de amanhã
pra não existir

5 comentários:

  1. o choro é um fio de lágrima que alenta a poesia.

    ResponderExcluir
  2. a vida está sempre por um fio, será que eu me fio


    beijo

    ResponderExcluir
  3. algo como a inexistência da existência...
    a vida de fantasma é dura!

    ResponderExcluir
  4. Aonde meu fio de vida me levará?

    Beijinho carinhoso, Dani!

    ResponderExcluir

amig@s

aquilo que queria dizer.

Tecnologia do Blogger.