quarta-feira, 25 de maio de 2011

de tudo mais

quero te olhar
sem ter que espichar tanto o corpo
sem ter que ficar na ponta dos pés

quero te ouvir neste silêncio de árvore
porque um dia tudo amanhece

te tocar os lábios, suave,
nas veias saltadas do teu pulso

pra imaginar o coração.

4 comentários:

  1. que esse dia seja pleno de amanhecimentos,


    beijo

    ResponderExcluir
  2. sua poesia, cada dia mais, me alumbra mais.
    um beijo :)

    ResponderExcluir
  3. sentir as coisas silenciosamente... lentamente.

    que belo.
    estou encantada :)

    ResponderExcluir

amig@s

aquilo que queria dizer.

Tecnologia do Blogger.