domingo, 21 de novembro de 2010

um trecho de mim
é tão duro que  alivia
a inexistência da outra parte

ontem teve festa. mas eu não fui. fui.
antes de ontem fez amor. mas eu não fiz. fiz.

hoje sonhei com a poesia de ontem. escambou-se.
não sonhei. sonhei

não se mexeu. só tocou. porque quando tem música, amor, me basta.

Um comentário:

  1. escambar... é ser es...que pode descambar em si ou por si...e se descamba e basta...basta! ria! viva a alegria de ser mexida.é isso que toca, é isso que importa.

    ResponderExcluir

amig@s

aquilo que queria dizer.

Tecnologia do Blogger.