quinta-feira, 21 de outubro de 2010

a memória das minhas pernas andam por uma casa
elas estão cansadas
elas não estão cansadas
são arrastadas
e minha voz
descansa
na casa que anda nas pernas
atadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

amig@s

aquilo que queria dizer.

Tecnologia do Blogger.