segunda-feira, 27 de junho de 2011

o homem guardava uma flor
de-sangue
no peito,
entre os dentes, aveludada raiz.

Um comentário:

amig@s

aquilo que queria dizer.

Tecnologia do Blogger.