segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

.
.
.

falha
as palavras

ainda
que nada tenha tido
constrói um casulo

 seda

toda vez que se aproxima
- sei quem é você
as mãos  não podem
te tocar

nem borboletas

nas manhãs deste domingo

2 comentários:

  1. leve,
    feito borboleta amarela cortando o céu.

    ResponderExcluir
  2. sempre acho que dentro do seu "nada" existe um universo.
    o seu casulo pode cobrir um mundo com fios de seda...

    ResponderExcluir

amig@s

aquilo que queria dizer.

Tecnologia do Blogger.