terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Pesa a noite quando o sono desentende o dia


Os ouvidos se acumulam de cera

E subentendem noites

Através de si.

Um comentário:

amig@s

aquilo que queria dizer.

Tecnologia do Blogger.