domingo, 15 de agosto de 2010

sem dito a vida -

hoje foi lembrar o corpo com palavras. acordá-lo. esquecer das palavras

e então
.
.
.
só o movimento só o movimento, sentir

construir uma história com o movimento do meu corpo livre de palavras

sem medo
com calma

ler o vento traçando fio com as mãos

amanhecer querendo a vida em cócoras

recuar o agora
não sair do lugar
trocar
coração trancado por estilhaços soltos no ar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

amig@s

aquilo que queria dizer.

Tecnologia do Blogger.