sábado, 26 de junho de 2010

cansada:
meus olhos estão costurados
por tua ausência.

Um comentário:

  1. comigo me acontece o mesmo, menina.
    e eu gosto de falar errado, às vezes o som do erro é tão belo: comigo me... eu me ausento a mim também...

    e deixar-se costurar pela ausência é um erro. mas também provoca coisas belas, como a tua poesia.

    um beijo.

    ResponderExcluir

amig@s

aquilo que queria dizer.

Tecnologia do Blogger.